Press

Atlas Lisboa

Atlas Lisboa

Sama Sama Crepe and Juice Bar, one of the best vegan food joints in town, and undoubtedly one of a kind, opened its doors to the public in May of 2017. Atlas was there (read more here), so, naturally, we were curious as to how they’re doing: what the highs and lows have been, what they have learned, what’s cooking, what the craic is… In other words: “What’s same same, what’s different?” So we stopped by to have another chat with them, and consequently filed this report.

Saber Mais
The Happy Cow

The Happy Cow

100% plant based Crêperie using a vegan batter to which you can add sweet or savory fillings. Offers breakfast crepes, oats and smoothies, a salad and soup of the day, veggie sticks with dips. Also offers a bowl of the day, nachos and other snacks as well as cakes. Drinks are lemonade, cold pressed juice, supershots, wine and espresso drinks with plant milk option. Reported to be fully vegan since Jan 2020. Note March 2020: Due to concerns about covid-19, some businesses are reporting reduced hours and/or temporary closures- check hours before you go. Open Mon-Sun 09:00-16:00.

Saber Mais
Vida Macro

Vida Macro

Sama Sama traz ao mercado de comidas e bebidas um conceito ainda não muito explorado em Portugal. Com produtos frescos, locais e biológicos oferecerem uma alternativa à convencional fast-food, trazendo assim oportunidade a todos os que, por falta de tempo ou oportunidade, não conseguem combinar um estilo de vida ativo com comida de qualidade e nutritiva.

Saber Mais
New In Town

New In Town

No mais recente bar do Cais do Sodré não há gins, morangoskas, caipirinhas e shots. Só existem sumos naturais feita com fruta biológica e muitos crepes saudáveis para comer pelo caminho. O Sama Sama abriu em Lisboa no final de maio e fica mesmo junto do Hennessy’s, o bar irlandês onde Malte Kochen e Sofia Gomes, o responsáveis pelo novo projeto da cidade, se conheceram. Malte é irlandês, tem 31 anos, e há cinco chegou pela primeira vez em Lisboa. É construtor de barcos e estava na cidade à procura de alguma oportunidade. “Queria comprar barcos para depois os restaurar, mas aqui é preciso pagar a renda dos anos que estão nos estaleiros e ficava tudo demasiado caro”, diz à NiT. Já que estava por Lisboa e não encontrou nada na área, foi até ao Hennessy’s para ver se arranjava trabalho.

Saber Mais
TimeOut

TimeOut

Os "melhores crepes do mundo” estão em Galway, na Irlanda, num pequeno mercado que se repete todos os sábados, garante o irlandês Malte Kochen, que pediu as receitas a Mick, o cozinheiro dos tais crepes, e as trouxe para a nova crêperie do Cais do Sodré.

Saber Mais